1

O aquecedor novo deve ter uma instalação correta. A recomendação é que os aparelhos sejam instalados na área de serviço.




 

2

O botão de regulagem da temperatura deve estar na posição intermediária, durante o inverno, e na mínima, no verão. Isso evita desperdício de consumo de gás natural.




 

3

Faça a limpeza periódica da ducha, para eliminar impurezas provenientes da rede de água da rua.




 

4

Em caso de ausência prolongada, fechar os registros dos aparelhos.




 

5

Se o ponto de gás estiver no banheiro, é recomendado que um técnico certificado ou empresa especializada em gás faça a verificação do local, e se ele apresenta as condições ideais para a instalação. O aquecedor deve ser instalado em local protegido e com ventilação superior e inferior permanente adequada.




 

6

Apesar da recomendação de vistoriar os aparelhos a cada dois anos, a coloração da chama é uma das indicações de funcionamento, correto ou incorreto. A chama estável é azulada, e indica que o aparelho funciona regularmente. Já a chama instável é amarelada, o que sugere que os aparelhos estão desregulados.




 

7

Mantenha as pilhas utilizadas no equipamento sempre novas. Um indicativo desta durabilidade é que a chama do aquecedor deve acender num tempo médio de 10 segundos.




 

8

Todos os aquecedores instalados devem ter uma chaminé e um terminal T em conformidade com a indicação de seu fabricante. A chaminé é responsável pela condução dos gases resultantes da queima do gás.




 

9

Evite deixar a chama piloto dos aquecedores acesa se não estiver usando os equipamentos. Em equipamentos automáticos, o aquecedor desliga-se automaticamente ao fim do banho.




 

Conte com nossos técnicos especializados para instalar seu aquecedor com segurança e fazer a revisão das suas instalações e equipamentos a gás natural. Solicite já!

1

O aquecedor novo deve ter uma instalação correta. A recomendação é que os aparelhos sejam instalados na área de serviço.

 

2

O botão de regulagem da temperatura deve estar na posição intermediária, durante o inverno, e na mínima, no verão. Isso evita desperdício de consumo de gás natural.

 

3

Faça a limpeza periódica da ducha, para eliminar impurezas provenientes da rede de água da rua.

 

4

Em caso de ausência prolongada, fechar os registros dos aparelhos.

 

5

Se o ponto de gás estiver no banheiro, é recomendado que um técnico certificado ou empresa especializada em gás faça a verificação do local, e se ele apresenta as condições ideais para a instalação. O aquecedor deve ser instalado em local protegido e com ventilação superior e inferior permanente adequada.

 

6

Apesar da recomendação de vistoriar os aparelhos a cada dois anos, a coloração da chama é uma das indicações de funcionamento, correto ou incorreto. A chama estável é azulada, e indica que o aparelho funciona regularmente. Já a chama instável é amarelada, o que sugere que os aparelhos estão desregulados.

 

7

Mantenha as pilhas utilizadas no equipamento sempre novas. Um indicativo desta durabilidade é que a chama do aquecedor deve acender num tempo médio de 10 segundos.

 

8

Todos os aquecedores instalados devem ter uma chaminé e um terminal T em conformidade com a indicação de seu fabricante. A chaminé é responsável pela condução dos gases resultantes da queima do gás.

 

9

Evite deixar a chama piloto dos aquecedores acesa se não estiver usando os equipamentos. Em equipamentos automáticos, o aquecedor desliga-se automaticamente ao fim do banho.

 

Conte com nossos técnicos especializados para instalar seu aquecedor com segurança e fazer a revisão das suas instalações e equipamentos a gás natural. Solicite já!